"E aqueles que pensam em Me procurar, saibam que a vossa busca e vosso anseio devem beneficiar-vos apenas se vós souberdes o Mistério; se o que vós procurardes, vós não achardes dentro de vós mesmos, então nunca encontrarão fora. Pois eu tenho estado convosco desde o Início e Eu Sou Aquela que é alcançada ao final do desejo"


quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

A GRANDE DEUSA VULCÃO


PELE, RIO DE LAVAS

Eu apareço,
eu pulso,
eu vibro
Nunca fico quieta
Sou a vibração perpétua
O zumbido constante que você ouve
Estou sempre em movimento
No caminho que desce as profundezas
Com fogosa vitalidade
Em lugares que você só pode sentir
Quando necessário Com erupções dramáticas, vigorosas, vulcânicas
Eu a desperto
Com lava de fogo
Eu digo:
"Preste atenção!"


" O céu se acende, os mares turbulentos parecem o inferno, O oceano se agita, a lava surge do Kilauea. Ondas de fogo cobrem a terra, Pele está furiosa!"


Pele é a Deusa vulcânica do povo polinésio do Havaí. De acordo com uma lenda, ela aparece para o povo como uma bela e misteriosa jovem diante de um vulcão, ou como uma velha curtida pelo tempo que acende o cigarro com um estalar de dedos. Sua presença ainda é extremamente marcante na história de seu povo, tanto como culto quanto em suas manifestações vulcânicas permanentes. São comuns oferendas de flores, cigarros, bebidas e jóias nas crateras do vulcão Kilauea, sua morada, assim como suas "aparições", como uma linda mulher pedindo carona para os desavisados turistas que passeiam em noite de lua cheia. Dizem que ela passeia vestida de vermelho e acompanhada por um cão branco. Se você cruzar com ela, recomendo-lhe a fazer o que ela lhe pede.

E se você for ao Havaí, jamais remova qualquer rocha de seu vulcão, pois a Deusa Pele castiga com muito azar todo aquele que mexer em objetos que estão sob a sua guarda.


Embora suas sacerdotisas, as rainhas do Havaí, tenham se convertido ao cristianismo, quando houve a erupção de Mauna Loa, em 1880, a princesa Keelikolani recitou os velhos encantamentos, fez oferendas de panos de seda e gotejou brandy sobre a lava ardente. Pele então se acalmou.
A Deusa Pele foi uma das primeiras deidades que habitou as ilhas.

Ela era uma Deusa zelosa e apaixonada de uma cultura que praticava a poligamia.

Esta primitiva sociedade era dominada pelo homem e regida por um código moral com severos tabus que ajudavam os havaianos a evitar a ira de Pele.
Em 1990, Pele causou a mais devastadora erupção da história do vulcão Kilauea, que com sua fúria destruiu o povoado de Kalapana, na costa sul-oriental do Havaí. Mais de 100 casas, igrejas, escolas e parques foram arrasados por um ardente rio de lavas como prova da ira desta Deusa. Quando o humo se dispersou, descobriu-se que a lava milagrosamente não havia devastado somente uma casa, a qual pertencia a um devoto adorador de Pele.

Para os havaianos, este estranho incidente fora a prova da maldição de Pele e de seu poder para proteger e destruir.

Duas plantas havaianas são associadas especificamente com Pele: a árvore "Ohi'a lehua" e o arbusto "ohelo". Pele também está relacionado com o chakra do plexo solar, que é onde armazenamos toda a nossa energia nervosa.

A Deusa Pele é reverenciada hoje como aquela capaz de retomar o equilíbrio da natureza.
É esta Deusa que mobiliza o centro da terra para reacomodar as energias perdidas.
Pele é a Deusa do fogo e dos vulcões. À medida que seus rios implacáveis de lavas causam destruição em marcha até o oceano, uma nova terra é criada, o que evidencia a dualidade da destruição e criação como arquétipo de transformação permanente.


Para demonstrar sua devoção à Deusa, os havaianos a glorificam com cantos e danças sagradas. Estas danças sensuais e místicas se denominam "Hula" e são o único vestígio da antiga vida havaiana.Os sons da hula não são compostos por mortais, mas pelo espírito de Pele que os transmitem aos seus cultuadores. Acredita-se que todos aqueles que aprendem as danças estão possuídos por Pele. Um erro nos passos representa que pele rejeitou o dançarino.





O poder de Pele permanece desconcertando geólogos e aferventando temores entre os seus adoradores.

A Deusa Pele merece um lugar de destaque na grande mitologia da humanidade.

LENDA


Pele vivia com sete irmãos e seis irmãs em Kahiki (Thaiti). Um dia, se apaixonou por um rapaz, Hi’iaka. Mas o moço não se interessou por ela e se encantou com Lohi’au, sua irmã. Possessa, Pele mandou construir uma canoa bem forte que pudesse resistir à força das marés.


Desiludida, ela foi para o Havaí.
A pequena canoa, chamada, O ka-moho-ali’i, triunfou sobre a violência das ondas.
Ao chegar à ilha, Pele se refugiou dentro do mais violento dos vulcões, o Kilauea.
Até hoje, a cada erupção, os nativos juram que a lava do vulcão é a lágrima da Deusa abandonada.
Invoque Pele para: amor, paixão, sexualidade, magia, limpeza, purificação, conhecimento, emoções, transmutação, poder, vigor, coragem, fúria e revelações.
Símbolos: vulcão, hibisco e pedras vulcanizadas.
Dia: sexta-feira, terça - feira.
Cores: vermelho, laranja, preto, amarelo e branco.
Aroma: hibisco.

Pele chega em nossas vidas para sinalizar que é hora de despertar! Você tem sido embalada pela mesmice da sua vida? Pois prepare-se para despertar sua consciência e alcançar a consciência plena.
Está mais que na hora de você ver as coisas como elas realmente são e começar a mudar para torná-las da maneira como você deseja que elas sejam.

É hora de acordar seu potencial e resgatar sua força. Preste muita atenção em tudo que a vida está lhe dizendo. Pele diz que você alimenta o despertar se a sua vida for mais criativa, em vez de ser tão somente reativa.

RITUAL

Recolha-se em um lugar onde não possa ser interrompida. Feche os olhos e respire fundo, soltando o ar deixando ir com ele tudo o que precisa ser libertado. Inspire profundamente e visualize então uma montanha com um vulcão.

Veja-o, sinta seu calor, perceba-o, cheire-o. Agora deixe que seu corpo torne-se o vulcão. Você se sentirá ligada ao âmago da Terra. Sinta o fogo, a energia que se forma em torno dele, vibrando, se movimentando, zumbindo, derretendo.

Esta energia derretida começa então a expandir-se e a se movimentar. Primeiro ela entrará pelos seus pés, quente e viscosa. Então ela sobe pelas pernas, irradiando energia, vitalidade e prazer. Depois passa pelo tronco e atingi a coluna. O calor se move lentamente, como ouro derretido, acariciando, relaxando, energizando.

A sensação é muito prazerosa! À medida que ele avança para o plexo solar (acima do umbigo), vai se espalhando para o resto do corpo, desce pelos braços, passa pelas mãos e chega até a ponta dos dedos. Agora ele subirá, distribuindo vitalidade por todo o seu corpo. Sobe até o alto da cabeça, onde transborda pela pele, energizando e renovando. Você se sentirá consciente e desperta, centrada e relaxada, pronta para o que der e vier.

Seja bem-vinda e sinta-se abençoada pela Deusa Pele!

Texto pesquisado e desenvolvido por
Rosane Volpatto

IN: http://www.rosanevolpatto.trd.br/deusapele.html


2 comentários:

Anônimo disse...

Passei pra desejar um Feliz Ano Novo e deixar essa canção:

http://www.youtube.com/watch?v=h8Ac0hHAhf8

E agradecer pelo seu blog que me leva a conhecer a Deusa de mil nomes em suas várias manifestações.

Tesenisis

Gaia Lil disse...

E eu quero agradecer a todas as mulheres que passaram e aqui ficaram incluindo , sem duvida você Tesenisis,que a Grande Mãe szempre esteja conosco e nos guie neste ano que está por vir...e obrigada pela linda musica, quase pensei que não ouvessem outras inviocações a Ela, além daquela que chamam de Mãe Antiga.

Que a Grande Deusa sempre esteja congiso
Abraços e bênçãos a todas as sacerdotisas,mulheres e bruxas do mundo!