"E aqueles que pensam em Me procurar, saibam que a vossa busca e vosso anseio devem beneficiar-vos apenas se vós souberdes o Mistério; se o que vós procurardes, vós não achardes dentro de vós mesmos, então nunca encontrarão fora. Pois eu tenho estado convosco desde o Início e Eu Sou Aquela que é alcançada ao final do desejo"


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

QUEM DISSE QUE BRUXA NÃO SE APAIXONA?


EU NUNCA AFIRMEI QUE NUNCA ME APAIXONARIA NA MINHA VIDA OU QUE NÃO ACREDITAVA NO AMOR "VERDADEIRO"

Não é que eu não me apaixone ou repudie o amor, é que simplesmente decidi não seguir os valores que me foram ensinados pela sociedade, valores de amor, casamento, uniões licitas e legitimadas ( ou mesmo as ilícitas...)

Um dia se eu me apaixonar por alguém, posso respirar amor e doçura na presença dessa pessoa , ser carinhosa e meiga e mesmo assim continuar sendo eu mesma, não mascarando me não ficando demasiada encantada por aquela pessoa especial, nem achado que minha felicidade depende unicamente desse encontro de amor...
Se algum dia eu vir a amar algum e vou ama-lo de todo o meu coração mas sem depender dela até pra respirar, nem tampouco acreditando me apenas feliz e realizada apenas porque encontrei meu "amor/companheiro" e vou continuar sendo eu própria estando ou não com ele, e sendo sensual e bonita não para agrada-lo ou encanta-lo apenas porque assim me identifico e gosto de estar bonita, não gastarei horas sem dormir pensando nele, apenas deitarei minha cabeça no travesseiro e dormirei tranquilamente e amanhã quem sabe o chamo pra tomar um sorvete na esquina e olhar o céu...e mesmo assim sendo eu própria.

CONTINUANDO MEU RACIOCÍNIO:

Como eu estava dizendo, não é como se eu ou mesmo você ai do outro lado da tela, precisamos desesperadamente do amor de algum homem para nos realizarmos sermos plenas e felizes.Me lembro da frase maravilhosa que ouvi no final de um filme: " Quando parei de buscar o amor ele veio até mim"
Eu decidi simplesmente não buscar o amor da forma como as pessoas estão acostumadas, sonhando e pensando , idealizando, desejando indo e bares e esquinas olhando no rosto dum homem qualquer ( dos bonitos aos feios...) e pensando pateticamente com o dedo na boca :" Este poderia bem ser o homem da minha vida ..." ( Ou na pior das hipóteses concluindo que é exactamente este homem desconhecido a alma gemia...)
SEJAMOS PRÁTICAS, não estamos na índia e devemos sempre questionar a validade do tema alma gemia, mesmo que inserido numa tradição mítico-religiosa, como a Tradição da Lua ou a Religião da Terra, creio que se existe realmente uma alma gemia que seja uma pessoa externa e não interna devemos antes de tudo concluir esta descida até Ereskhigal e integrar luz e escuridão em nos, descobrirmos o nossa lado feminino e masculino, aprendendo com a Deusa Mãe Negra os segredos necessários para regulação da vida, antes que o homem que nos é destinado (falo isso muito na base da hipótese e me questionando se tal homem é realmente necessário) apareça para nos de braços abertos. Devemos sempre questionar tudo relacionado ao amor romântico que não me parece verdadeiro em sua essência e sim mais uma epifania literária ou mesmo uma coisa criada por escritores masculinos que nunca amaram ou nunca conheceram o amor em sua essência , como chave da individualidade feminina e masculina. Por isso apoio a pratica do amor livre, que de mas a mas, é mais pratico que o amor romântico. Quando me refiro ao amor livre me refiro a abolição do casamento no seu sentido religioso e politico. O casamento é certamente uma "instituição falida" que não dará crédito ou lucro a mulher, e que só desarticula a própria feminilidade original, em nome de uma falsa deusa hera, que não é a Deusa Hera Soberana , que casa as almas e devolve ao homem a essência de sua masculinidade que está na raiz de tudo que é Feminino porque o Principio Feminino é primário enquanto o princípio masculino é secundário ( não estou afirmando que este não tenha valor ou que valha menos que o feminino apenas que este e mais recente), primeiro anima e depois animus que juntos integram a vida do homem e da mulher, ou mesmo da mulher com a mulher e do homem com o homem, aqui na Terra Mãe, no corpo da Deusa.


Enquanto a Mulher perceber que não precisa de nada mais que a si própria para sua felicidade, e até mesmo para sua realização sexual, ela não conhecerá e muito menos amará o homem profundamente e o homem enquanto não olhar sua "anima" seu Princípio Feminino Interno, sua Grande Mãe, também não poderá amar verdadeiramente.

Enquando a mulher não for realmente a Grande Mulher e homem o Grande Homem, não haverá amor verdadeiro e muito menos o redespertar da Deusa.
Gaia Lil
*imagem da Deusa Hécate, A Que Ilumina Caminhos...

Um comentário:

Periódico da Imaginação disse...

Adorei seu artigo. Seguinte, se pudesse me esclarecer uma questão, Obrigado! Acho que me apaixonei por uma bruxa e tem todos os indícios disso, mas ela afirma que não me conhece direito para namoramos e me ignora. Será que tenho que criar mais amizade para ela me enxergar ou devo abandonar a ideia de amar ela, Mas o problema é que não tiro ela da cabeça. Será um feitiço? Tô falando bem serio, sou bem crente. Obrigado!