"E aqueles que pensam em Me procurar, saibam que a vossa busca e vosso anseio devem beneficiar-vos apenas se vós souberdes o Mistério; se o que vós procurardes, vós não achardes dentro de vós mesmos, então nunca encontrarão fora. Pois eu tenho estado convosco desde o Início e Eu Sou Aquela que é alcançada ao final do desejo"


terça-feira, 8 de março de 2011

O SANTUÁRIO INTERIOR



A DEUSA É A CHAMA VELADA NO CORAÇÃO DA SACERDOTISA

Envolta nas águas profundas
Envolta nas nevoas da escuridão e nos clamores de luz
Brilha em meu coração, oculta das trevas da mente
E dos temores do patriarcado

Oculta do mal que se esconde por detrás da religiões iluministas
E dos fetichismos machistas...
Oculta e entre as águas
Sobre elas paira a chama, a flamula da vida
Docemente obscura
Docemente a atenta
Chama que me arde em formas de mulher e me desperta prazer
Chama de meu santuário oculto
Arde meus lábios, secos no sabor da pimenta
Pimenta de sua dançã pagã
Origem da origem
Ardem me os olhos quando vejo a Ti,
Mulher Oculta de Fogo
Dançando no santuário de minha alma
As Águas da Grande Mãe se agitam enquanto vêem,
Ela dançar
Dança minha alma, embalada em tua Fúria
Dança me e corroa me toda
A vida flui e reflui
Dança me
Ama me queima me a pele,
Vem ó, Oculta,
Vem em ira, ó Irrevelada,
Vem Doadora de Vida
Lançar tuas bênçãos de fogo sob meu coração
Vem lançar seu amor sob mim.

2 comentários:

Mirza disse...

Visito este blog todos os dias e sou fã dos textos e de todo o resto!

Gaia Lil disse...

brigada Mirza!