"E aqueles que pensam em Me procurar, saibam que a vossa busca e vosso anseio devem beneficiar-vos apenas se vós souberdes o Mistério; se o que vós procurardes, vós não achardes dentro de vós mesmos, então nunca encontrarão fora. Pois eu tenho estado convosco desde o Início e Eu Sou Aquela que é alcançada ao final do desejo"


terça-feira, 26 de maio de 2009

DEUSA DAS PROFETIZAS

"Eu sou naquela que fala da boca da Terra,do centro da Terra..."

A verdadeira Deusa da profecia era Gaia a Mãe Terra, mãe de todas as coisas,em Delfos Gaia ,a Grande Mãe Terra possuía um templo muito anterior ao de Apolo,aonde suas sacerdotisas as pítias ou pitonisas profetizavam,em Delfos que era um local aonde a Deusa Gaia mantinha seu caldeirão sagrado,símbolo da inspiração profética e das habilidades místicas de prever o futuro aonde se encerravam todos os mistérios da vida humana.

O nome pítia ou pitonisa ao contrario do que se deve pensar não vem de Apolo,e sim do nome da Serpente-Dragão filha da Deusa da Terra,simbolizando aqui que toda profetiza era filha da serpente,alias a serpente em todo mundo é uma das manifestações do Feminino Sagrada,a Grande Deusa da Lua Cibele é vista num espelhos etrusco oferecendo uma caneca a uma serpente sagrada,no Egipto Ísis (Aset)era representada com uma serpente e as vezes era ela própria a serpente, no Brasil a Grande Mãe Anandercy aparece para os índios tupis guaranis em forma de serpente e lhes ensina a usarem as ervas sagradas.

Sendo assim a serpente esta associada a lua e a adivinhação.

O templo de Delfos o mais celebre e conhecido Templo era um templo aonde Gaia (TERRA)profetizava,que depois passou a Têmis (TRANSE) sua filha,depois para Febe (ESCURIDÃO) e só depois veio a ser de Apolo o divino Deus solar e patriarcal que mata a serpente filha da Deusa, simbolizando assim a queda da Grande Mãe Profetiza em detrimento a um novo sistema solar e patriarcal.

O ato de entrar em contacto com a Deusa da Terra ajuda a sacerdotisa(pitonisa, sibila ou melissa) a entrar em contacto com sua própria alma e estabilizar suas energias para melhor servir a Deusa,além disso o poder da Terra dava o impulso espiritual para que a mulher chega se ao estado de êxtase,o transe e que lhe desse vazão ao poder divino que tomava lhe o corpo e a induzia a profecia,deixando lhe em um estado altera do consciência.

Durante a sua profecia a sacerdotisa ficava sentada no trípode (cadeira alta de três pés).Mas antes disso ela participava de uma série de rituais aonde renovava seu poder espiritual e concentrava seu contacto com a Deusa,em um lago na Castália ela se banhava simbolizando sua limpeza e sua reconecção com a Deusa, jejuava três dias e mascava folha de loireiro sem morde lo utilizando apenas a língua e sentindo um enraizamento com a folha,além disso ela também cumpria uma serie de rituais aonde se recolhi para melhor meditar sobre os mistérios da Deusa da Terra.

Durante o ritual o Oráculo da Deusa a terra tremia simbolizando o poder da Deusa de actuar e mudar a realidade,enquanto isso a pítia era conduzida pelo sacerdotes até o trípode, Enquanto gritava e se mexia e uiva parecia possuída pela própria Deusa.


Como sibilas são conhecidas as mais famosas profetizas da Deusa,aquelas cujos fragmentos de suas historias encontramos a historia de uma sibila que havia sido seduzida pelo deus solar que roubou o oráculo da Deusa da adivinhação Apolo:

-"Ele prometeu-me satisfazer minha vontade, se eu concordasse em ser sua. Tomei um punhado de areia e estendendo o braço, pedi-lhe para ver tantos aniversários quantos grãos tinha na mão. Infelizmente, esqueci-me de pedir a juventude. Posso viver setecentos anos, mas meu corpo enfeza-se à medida que os anos passam e um dia morrerei, mas a minha voz permanecerá e as idades futuras respeitarão minha palavra."

Vemos ai claramente uma citação ao seu poder profético


O TEMPLO ASTRAL


Sentada no chão, diante de você, coloque uma garrafa com vinho ou hidromel. Posicione suas mãos em forma de cuia em torno da garrafa. Comece agora a iniciar o relaxamento e depois inspire e expire pela boca quatro vezes sucessivamente, enquanto encolhe os músculos da barriga levemente. Isso aumentará o ar fora do estômago e a auxiliará a encher apenas os pulmões.
Feche os olhos e agora visualize o seu templo, com você caminhando até ele. Permita que sua imaginação aja livremente. Suba pelas escadarias e entre no templo.
A seguir, crie mentalmente um altar no centro do templo. Imagine-se construindo este altar ou formando-o magicamente por meio de gestos rituais. Não se esqueça que este é seu universo e você é a criadora deste espaço. Entretanto, procure simplificá-lo o máximo que puder, pois você terá de acessar mentalmente as imagens que criar no cenário nas primeiras vezes que adentrar o templo.
Coloque uma cadeira trípode (três pés) em frente ao altar. Ao terminar, é hora de olhar à sua volta e contemplar o que você criou. Caminhe mentalmente ao redor e preste atenção a tudo.
A seguir, sente na cadeira e chame por uma Sibila. Provavelmente não demorará muito para ela aparecer e você dirá que veio em busca de orientação.
Conversem o tempo que desejar e depois despeça-se agradecendo.
Para sair do templo basta estalar os dedos ou bater palma três vezes. A garrafa que esteve em suas mãos durante todo o ritual, estará agora carregada com a essência de tudo que você experimentou. Nas próximas vezes que entrar no templo, tome um gole da garrafa antes para fortalecer seu trabalho mental/astral.
Deste dia em diante, o templo astral estará lá a seu dispor, até que você mentalmente o dissolva. Sempre que você desejar, poderá ter outros encontros com as Sibilas e pedir orientação para os seus trabalhos e sua vida.

http://www.rosanevolpatto.trd.br/sibila.htm
http://www.rosanevolpatto.trd.br/deusatemis.htm

Nenhum comentário: